Acessos em Êxtase !

quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Amizade desejos e algo mais!


Há mais de 13 anos eu não via a Sonia, uma amiga minha do tempo de colégio.
Fui efetuar uma venda de uma casa de um condomínio que estava com propriedades disponíveis.
A cliente que havia agendado a visita.
E quando a mesma abriu a porta de sua residência eis minha surpresa.
Sonia minha ex-colega de colégio que há muito tempo não a via.
Logo me apresentou seu marido um mulato forte com um sorriso muito simpático. Estranhei pois nos tempos de colégio todos sabiam e diziam que ela era lésbica assumida.
Mas com certeza mudou de gosto tudo muda não é verdade?
Depois de mostrar todos os prospectos à Sonia e seu marido. Que adoraram ficaram de ir à imobiliária no dia seguinte para concretizar a compra.
Efetuando pagamento e assinar contratos.
Já ia saindo quando insistiram para eu ficar para almoçar.
Aceitei. Comemorar a nossa compra disse Sonia radiante de alegria.
O Paulo marido da Sonia muito legal e gentil convidou-me para ir a seu sitio no domingo, iria ter um churrasco
Aceitei de imediato.
Logo eles frisaram para levar roupa de banho.
No domingo bem cedo me dirigi ao local era bem próximo a cidade, chácara muito bonita com ar puro e uma piscina enorme.
Mas os convidados não fui apenas eu. Se é que ouve convites!
Pensei na certa devem chegar mais tarde.
Na piscina eu e Sonia conversávamos animadas até que em um momento o Paulo mergulhou e veio até nós e ficando bem próximo a mim, abraçou-me por trás.
Com suas mãos enormes apalpando meus seios.
É claro assustei-me, e olhando para sua esposa que ria com meu embaraço.
Foi logo me dizendo liga não Marcela o Paulo adora tirar sarro com as minhas amigas.
Mas e você não se importa?
Eu? Participo com ele das brincadeiras somos livres, o sexo entre nós é liberal!
Paulo continuava segurando meus seios e já sentia seu cacete rígido encostado a minha bunda.
E no meu ouvido sussurrou poucas palavras, mas muito perturbadoras.
_ Se você quiser continuamos nossa brincadeira fora da piscina, senão paramos aqui e agora.
Respirei fundo e... Respondi e sua Esposa?
Ah ela esta tão querendo quanto eu!
Mas eu posso entrar em seu jogo, mas só com você não me interesso por mulheres.
Claro que sim.
Serei você eu e Sônia só comigo, está bem assim?
Bem se você e Sônia não se importam como eu posso me incomodar!
_ Oi Sônia você concorda com que Paulo esta me dizendo?
Claro assino embaixo tudo que ele quer eu quero também.
Sônia de sorte.
Liberal e, além disto, seu marido é um belo exemplar de macho.
Eu dizendo isto já corria minhas mãos por baixo da água acariciando seu cacete rígido.
Paulo muito safado tirou a sunga e ficou nu.
Sonia dizendo Marcela pode ficar a vontade com Paulo que não me incomodo.
Ficando sentada na borda da piscina vendo seu marido me beijando com volúpia.
E acariciando sua xoxota sob a roupa de banho.
Paulo está afoito e com jeitinho tirou minha parte do biquíni, ficando mordiscando meus seios.
Sabe isto me deixava excitada é claro, mas também muito embaraçada afinal a esposa estava ali presente, mas pelos seus olhares estava adorando ver seu marido me bolinando.
Depois de beijos e muitos amassos na piscina Sonia veio até nós e confidenciou-me para irmos para seu quarto.
Saímos e fomos direto para o quarto, o cacete de Paulo estava super rígido, e no trajeto a Sônia ia segurando nele que ria muito dizendo.
Ah Paulo meu gostoso está do jeito que gosto!
Chegamos ao quarto à cama era imensa e Paulo deitando-se ficou a mercê de nós duas.
Famintas e devoradoras.
Sônia chupava seu cacete enquanto ele me chupava que delicia sentir sua língua voraz adentrando minha gruta dos prazeres.
Sua barba por fazer fazia um leve caricia entre minhas coxas.
Causando mais prazer, eu rebolava em sua cara melecando-o todo com meu mel.
Gozei abundantemente e pelos movimentos de seu corpo senti que o Paulo estava prestes a gozar.
Quando em um movimento rápido Sonia começou a cavalgar em seu mastro como se fosse uma dançarina com liberdade de movimentos sentia seu marido explodir em um gozo enchendo sua xoxota de esperma.
Os gemidos saiam altos pareciam animais no cio.
A cena realmente era muito linda Paulo apertava as nádegas de sua esposa.
Que extasiada do prazer do marido queria também gozar.
Paulo com gestos chamou-a para sentar em sua boca.
Assim eu saí dando lugar a Sonia que escancarou suas coxas na cara de seu marido e sem cerimônia começou a sugar a xoxota dela que escorria de seu leite que Paulo sorvia com gosto.
Foram muitos gritos de gozo dos dois.
Eu continuava ali presente a cena acariciando seu cacete que já respondia aos carinhos.
Logo após o gozo de Sonia ela me confidenciou que o desejo de Paulo de ter duas mulheres era bem antigo que eu caí do céu.
Pois a relação deles andava balançada.
Sei que adorei gozar na boquinha gulosa dele, mas ainda temos o dia todo de sacanagens.
Fomos tomar um banho e começamos uma nova sessão de sacanagem,
Ufa... Paulo tinha um vigor!
Já de cacete duro disse-me que ia comer nós duas ao mesmo tempo.
Rimos e indagamos como.
Já vocês verão minhas gatas gostosas e bolinando os seios de nos duas, uma mão para cada uma.
Fomos para cama!
A Sonia estava super feliz com todo aparato de nossa cena, disse está realizada.
Coisa gostosa eu e Sonia em posição de receber seu cacete e Paulo acariciando uma e outra, era lábios mãos e cacete, revezava em deixar as duas satisfeitas.
Sônia estava exultante e dava para ver que queria que Paulo gozasse em mim.
Como ela mesma disse era uma fantasia dele.
Ela apenas colaborava em sua vontade.
Quando ele estava preste a gozar Sonia entre gemidos pedia para ele gozar, amor goza na Marcela, eu só quero ver você sentir prazer.
E com estocadas firmes e cadenciadas eu recebia o Paulo, na posição de papai e mamãe.
Seus quadris mexiam em ritmos rápidos e fortes.
Que causava uma sensação incrível de prazer.
Em poucos momentos chegamos ao orgasmo e Sônia louca alucinada batia uma siririca, vendo seu marido e seu amor transar com outra mulher.
Ambos felizes por realizar uma fantasia.
E eu sou claro feliz por ter um macho forte e viril, deixando-me cheia de prazer:
Assim por algum tempo o Paulo era freqüentador assíduo de minhas noites, ele sempre me visitava e com conhecimento da esposa.
Ele me disse que quando chegava a casa relatava todos os detalhes de nossas transas, ela ficando feliz por ele.
Fazia muito sexo, estavam muito felizes.
Que bom não é!
Sentiam que recomeçaram uma vida nova no casamento.
E estavam muito gratos.
Eu que estou feliz também de ter aquele mulato sempre a me aquecer nas noites frias de inverno.
Paulo um incansável na arte de amar, ainda tem uma boca que me eleva aos céus sempre.
Há... Delicia de macho!


Docecomomel(hgata)
Imagem do google
"Não confundam o autor com sua obra"

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Suas palavras...Minhas emoções!

Marcadores

Crie Não Copiei

Crie Não Copiei

"Meu Nascimento" 12/07/2010.

"Meu Nascimento" 12/07/2010.
Como sem querer envoltos em pensamentos de carinho e amor nasceu a concepção deste Blog. Meus contos são a prova viva de quem sabe não precisa nascer sabendo.Aprendi a andar sozinha e sei o meu real valor...O que muitos que se julgavam capazes pisam e desmoralizam. Nada sabem. Não sou fake nem tão pouco poetisa. Sou Mulher humana que faz de seus descaminhos errantes estradas de Paz e Luz para todos."Sou docecomomel(hgata)" Meu primeiro conto erótico 12/7/2010.

Posts

Obrigada

Obrigada
Agradeço a todos que perdem seu precioso tempo em visitar este blog. Fico muito feliz de poder saber que muitos veêm leêm e recomendam . Obrigada de coração: (docecomomel)