Acessos em Êxtase !

domingo, 23 de janeiro de 2011

Um negão...Como eu gosto!




Olá pessoal hoje é sábado e estou feliz da vida eu saí ontem e conheci um cara muito legal. Aí você sabe entre conversas e apertos, ficamos numa boa.
Pois bem.
Pois é vou contar hoje mais uma das minhas aventuras sexuais!
Sempre em finais de semana saio é algo tipo para carregar as baterias e energias novas.
Como todos saem pra curtir a vida e beber e comer algo entre conversas dá para distrair muito!
Tem us bares aqui na orla que tem música ao vivo são muito bons alguns casais ate se arriscam a dançar juntinhos, eu vou com amigos e adoro curtir muito. Algumas vezes rola até algo tipo ficar e dependendo da pessoa o sexo é vital.
Tinha um cantor no barzinho um charme, era um negro, alto, e bem gostoso!
Olhava pra ele e ficava admirando seu porte físico e que voz, cantava que era uma beleza.
Estávamos bebendo, e conversando quando teve uma pausa na música.
Fui ao banheiro, e passei bem próximo ao cantor que estava bem na passagem quando lhe pedi licença ele olhou-me e piscou o olho.
Aquela piscadela básica de galã.
Quando retornei me ofereceu uma bebida.
Agradeci e voltei à mesa.
Toda vez que olhava em sua direção sentia um excitação danada, e ainda me jogava beijos para atiçar a minha libido.
Depois de algum tempo o garçom veio trazer um recado. ”Me espere ate as 2 h que encerro meu horário”.li o recado e assenti coma cabeça.
Ele sorrindo me jogou um beijo.
Minha amiga Carla que estava com seu namorado riu e dizendo.
Aí hein Marcela parou no cantor!
E olhe que deve ter um... enorme complementou o namorado de Carla rindo.
Ah... Gente só vou conversar com ele.
Duvido que vá ficar em conversas, mas estamos aqui está bom?
Quando o relógio marcou a sua hora de encerrar o Diogo (nome do cantor) veio até nossa mesa e começamos a conversar.
Gostei dele de imediato, bem falante e educado.
Depois que estávamos já entre bitocas e apertos de mãos, Carla anunciou que iria embora, logo o Diogo prontificou-se a levar-me para casa.
Bem o namorado de Carla dizendo cuidado com esta moça viu é uma jóia de pessoa.
Claro que terei maior cuidado não se preocupe.
Depois que meus amigos saíram tomamos uma cerveja e logo fomos embora.
_Em nosso trajeto o Diogo conversava animado, mas em uma breve pausa disse que tal Marcela darmos uma esticada em algum local sossegado só nos dois para nos amarmos muito.
Direto e rápido!
Eu também respondi mais rápida ainda é claro.
_E ai vai rolar ou não?
_Claro que vai rolar sim Diogo!
Fomos a um motel Diogo durante o percurso começou acariciar minhas coxas.
Hum. delicia sentir aquele calor subindo.
Eu comecei acariciar seu membro por cima da calça e ao perceber seu volume soltei uma exclamação.
Nossa! Tudo isso?-
Você não viu nada!
Dei uma respirada e falei que delicia.
Pois é o seu membro enorme sob a roupa parecia que ia estourar a calça.
Seguimos todo nosso trajeto entre carícias e toques.
Entramos no motel e Diogo abrindo a porta, já foi me pegando no colo.
Caiu em cima com caricias e me desnudando aos poucos peça por peça de minhas vestes.
Mordiscava meus seios com delicadeza.
Uma delicia senti-lo.
Nossas mãos se tocavam e roupas eram tiradas.
Já ambos sem roupa puderam visualizar seu membro rígido em estado de total potencia, fazia até uma envergadura de encontro a seu umbigo.
Não resistimos e. Dei um chupão em seu cacete e , ele deu uma gemida e eu disse.- Você ainda não viu nada meu negão ,o que sou capaz de fazer com meus lábios sedentos de você.!
Eu me abaixo e o chupo devagarzinho.
Ele geme e disse muito e diz palavras desconexas.
Que me incitam a devorar mais seu belo e másculo cacete.
Ai... Chupa vai minha putinha, chupa todo seu negão.
Aquele cacete negro com a cabeçorra vermelha ate parecia que ia explodir na minha boca.
O negão veio em minha direção a minha xoxota e lambia com gosto, eu sentia sua lingüinha.
Seus lábios em luta com meus lábios vaginais.
Logo eu tive um orgasmo e Diogo sugou todo meu néctar, sentia seu rosto afundar em toda minha xoxota.
Gozei abundantemente
Após meu gozo Diogo me pede para eu ficar de quatro e enfia devagar todo seu cacete em minha xoxota.
Vai adentrando seu mastro com firmeza e vigor.
Uma coisa de louco sentia um ardor e prazer.
Ficamos em um vai vem gostoso e sensual.
Não demorou muito. Senti a pressão ele apertava-me de encontro a ele, e metia alucinadamente, eu gritava e gemia com gosto.
Geme vai, geme pro seu negão!
Eu gemia alto, e ele metia com mais força.
Metia e eu delirava de prazer!
Até me falava palavras obscenas de: Puta, vadia!
Eu saio da posição, subo em sua cacete e cavalgo gostoso.
Em um galope desenfreado chegamos a um gozo bem gostoso!
Ficamos coladinhos abraçados.
E nos beijamos muito.
Agora tenho meu negão para saciar minha fome de macho.
E que macho hein.


Docecomomel(hgata)
Imagem do google


2 comentários:

  1. Mais um belo conto de tirar o fôlego, Lembrei da música da Alcione" Vc é um negão de tirar o chapéu..."Parabéns.Bjus

    ResponderExcluir
  2. Ola Nobre Poetiza, este conteúdo erótico que você construiu ficou muito excitante, parabéns pelo belo enredo e pela narrativa alucinante, que nos excita de mais ao fazermos a leitura deste delicioso conto erótico.

    MJ.

    ResponderExcluir

Suas palavras...Minhas emoções!

Marcadores

Crie Não Copiei

Crie Não Copiei

"Meu Nascimento" 12/07/2010.

"Meu Nascimento" 12/07/2010.
Como sem querer envoltos em pensamentos de carinho e amor nasceu a concepção deste Blog. Meus contos são a prova viva de quem sabe não precisa nascer sabendo.Aprendi a andar sozinha e sei o meu real valor...O que muitos que se julgavam capazes pisam e desmoralizam. Nada sabem. Não sou fake nem tão pouco poetisa. Sou Mulher humana que faz de seus descaminhos errantes estradas de Paz e Luz para todos."Sou docecomomel(hgata)" Meu primeiro conto erótico 12/7/2010.

Posts

Obrigada

Obrigada
Agradeço a todos que perdem seu precioso tempo em visitar este blog. Fico muito feliz de poder saber que muitos veêm leêm e recomendam . Obrigada de coração: (docecomomel)