Acessos em Êxtase !

terça-feira, 25 de janeiro de 2011

Um boy para uma coroa ousada


Eu sou uma pessoa que gosta muito de brincar, mas uma dessas minhas brincadeiras me aconteceu um fato.
Posso dizer até inusitado porque não delicioso?
Em meu trabalho sempre vem um entregador de água mineral. E funcionário da padaria é jovem deve ter seus dezoito anos.
Acho engraçado que quando vem até nosso escritório ele vem sem seu fardamento.
Tanto eu como outros colegas até colocamos o codinome de Justin Bieber do Paraguai.
Calça colorida, camisa listrada, boné e ainda por cima um óculos escuros. É o traje que alguns jovens adotaram neste verão.
Pelo menos aqui é o que vejo dizerem.
O Vitor nosso Justin Bieber.é até educado ele quando vem entregar a água coloca no lugar deixando tudo arrumadinho e por conta disto sempre lhe damos uma gorjeta.
Mas no sábado passado ele veio entregar a água em um horário que já havia encerrado o expediente.Só estava eu como sempre sou a ultima a sair pois eu que fecho o escritório.
Como de habito fui até a copa indicar local a ao boy, ele colocou a água depois quando eu estava na minha mesa contando o dinheiro para efetuar o pagamento. O Boy me segurou por trás e com forçame acochando mesmo e com palvras suaves na mina nuca, foi dizendo .
Ah... Dona Marcela como sou doido pela Sra.
Ei, Calma que é isso garoto?
Não sou garoto é que já não agüento de punhetar pensando na senhora, pode me achar louco, mas não sou, admiro muito seu jeito e quando a vejo sinto uma excitação danado.
Pode ver como estou excitado, e já tenho mais de dezoito anos.
Claro que mesmo por cima da roupa dava para visualizar seu mastro alterado de muito excitado.
Sabe Dona Marcela a coisa que mais desejos na minha vida?
Não sei Vitor, diga-me.
Eu adoraria transar com a senhora, ou quem sabe deixar só provar do sabor de sua Xô... ta.Sinto um tesão louco.
_Mas Vitor que loucura é esta?
_mas não é loucura desejar alguém, sei que você está só.
Sentia raiva daquele seu ex-namorado quando o via esperando ai na porta de prédio.
Pois é Vitor agora estou solteira. e livre para amar quem eu quiser.
Bem que poderia dar-me uma chance!
Mas você é tão jovem.
Mas sou homem e sou independente.
Sabe que moro sozinho?
O pequeno apartamento é de minha mãe, mas quem custeia tudo sou eu.
Trabalho e estudo, não sou filhinho de papai Marcela para ficar farreando sei que a vida está ai pra ser vivida, mas tudo tem seu tempo.
Que bom Vitor que você é ajuizado!
Então não mereço uma chance com você que diferença faz alguns anos entre nós?
Pensa e me liga tome o numero de meu celular, mas sabe que sou vidrado em você doido mesmo!
Caramba! Por esta lição não esperava. mas não é que o Justim beeber e bem apetitoso,nunca o tinha observado como um propenso namorado.
E de onde não se espera que surge as melhores jóias.
Fui para casa e não me saia da cabeça a imagem do Vitor com sua excitação a flor da pele. Deixando-me excitada também declarando sua atração por mim. Fiquei a tarde toda de sábado inquieta. sabe Não sei o que fazer.
Bem não resistir e liguei quando ouvi sua voz senti-me uma verdadeira ninfeta ligando para seu primeiro namorado.
_Alô Vitor?
_Sim é ele mesmo. È Marcela!
_Você poderia vir até minha casa para conversarmos um pouco?
_Hoje?
_Sim à noite.
_Está bom me passa endereço às 20 h estarei ai.
Dei endereço e fiquei ansiosa sem saber que roupa deveria vestir.
Mas fiz a opção de vestir uma saia jeans básica com blusa fina, fiquei mesmo com jeitinho de ninfeta.
Às 20 horas em ponto ouvi a buzina de uma motocicleta no meu portão.
Hum nem sabia que o jovem tinha motocicleta.
Vitor estava Lino bem diferente daquele rapaz humilde e jovial que via todos os dias.
Começamos a conversa sobre assuntos triviais, e depois de algum tempo começamos a nos beijar, foi como explosão de sentimentos.
A excitação tomou conta de nossos corpos, sentia-me possuída por um intenso desejo.
Hum... Que delicia sentir seus braços me apertando, suas mãos percorrendo meu corpo, ele começou a acariciar com seus lábios em minha nuca, que boca, que língua, me levava a loucura com sua boca.
Beijávamos-nos, aos poucos fui descobrindo o corpo dele, que delicia muito lindo, não muito musculoso mas bem forte, mais uma delicia de sentir sua masculinidade.
Sentia toda excitação tomando conta de nossos corpos queríamos e devíamos nos amar. A urgência do êxtase nos induzia a isto.
Ele sabia o que estava fazendo, em instantes estávamos na cama nos amando ,começamos a fazer um papai e mamãe deliciosa, os movimentos de seu corpo de encontro ao meu, era leve e suave, mas constante, depois foi ficando mais rápido, estocava forte e fundo, senti um êxtase, quando entrou aquele cacete rasgando minhas entranhas senti um leve ardor, mais depois sentia um prazer maluco, mudamos de posição sem tirar seu cacete de dentro de mim, comecei a subir e descer naquele cacete, ele gemia gostoso e me agarrava pela cintura, seu membro entrava fundo em mim, me dava um prazer indescritível, ele começou a gemer mais e mais. explodimos em um orgasmo intenso e incontrolável.Nossos gemidos se misturavam ,salivas se completavam.Um cheiro inebriante de odores,Complementou a nossa primeira relação.
Meu querido Vitor com seu jeito de garoto, mas com a cabeça e mentalidade de um adulto experiente e responsável.
É claro que não adotei, mas estamos juntos e nos adorando que o amor, e o respeito de um pelo outro fortalece e deixa-nos mais unidos e apaixonados.
Meu menino lindo e sorridente.
O meu Justim Bieber do Paraguai.



Docecomomel(hgata)
Imagem do google
"Não confundam o autor com sua obra"

Um comentário:

  1. Conto maravilhoso minha doce amiga!!!! Estou aqui no seu blog viu!!! Espaço lindo/// Bjussss na alma Anne

    ResponderExcluir

Suas palavras...Minhas emoções!

Marcadores

Crie Não Copiei

Crie Não Copiei

"Meu Nascimento" 12/07/2010.

"Meu Nascimento" 12/07/2010.
Como sem querer envoltos em pensamentos de carinho e amor nasceu a concepção deste Blog. Meus contos são a prova viva de quem sabe não precisa nascer sabendo.Aprendi a andar sozinha e sei o meu real valor...O que muitos que se julgavam capazes pisam e desmoralizam. Nada sabem. Não sou fake nem tão pouco poetisa. Sou Mulher humana que faz de seus descaminhos errantes estradas de Paz e Luz para todos."Sou docecomomel(hgata)" Meu primeiro conto erótico 12/7/2010.

Posts

Obrigada

Obrigada
Agradeço a todos que perdem seu precioso tempo em visitar este blog. Fico muito feliz de poder saber que muitos veêm leêm e recomendam . Obrigada de coração: (docecomomel)