.

.

Acessos em Êxtase !

.Contos Eróticos de Docecomomel

.Contos Eróticos de Docecomomel

sábado, 18 de dezembro de 2010

Tarde de Amor e Sexo.


Uma tarde de amor
Bem amanha é sexta feira estamos contando os dias para podermos viajar rumo ao litoral.
Eu e uma amiga alugamos uma casa em um condomínio na Ilha de Itaparica, e por sinal a mesma casa do verão passado, Onde tive a minha primeira experiência com o Fábio de que guardo boas recordações.
Afinal qual mulher não se sente feliz de começar a vida sexual de um jovem.
O ano passado depois da festa de Ano Novo algumas pessoas precisam voltar a suas cidades de origem e muitas vezes ficam jovens acompanhados de avós, tias empregadas e etc.
A casa que eu e Claudia alugamos é a mesma do ano passado e ótima espaçosa piscina. Só que tem uma casa ao lado que tem primeiro andar.
Isto causa um pequeno problema que dificulta a privacidade eu e Claudia verão passado depois de verificar que não tinha ninguém próximo resolvemos tomar banho na piscina e depois tomar sol sem a parte superior do biquíni.
Estávamos deitadas tomando um sol sem se importar com nada.
Quando em um relance vi algo brilhar na janela da casa vizinha.
Notei que era um binóculo sem fazer estardalhaço me recompus vestindo meu biquíni o mesmo Claudia fazendo.
À noite saímos fomos a uma pizzaria e observei alguns jovens em uma mesa próxima.
Olhava-nos com insistência.
Todos adolescentes.
Saímos e fomos pra casa.
No dia seguinte não fomos à piscina o dia está meio nublado.
Ficamos na varanda e pude observar que na casa ao lado que tem 1ºandar havia uma movimentação.
Colocando a revista de lado fiquei observando.
Sorri com o que vi.
Três jovens adolescentes na sacada de binóculos em punho observando em nossa direção.
Comentei com Claudia que é mais sapeca do que eu, ela rindo muito perguntou e quantos anos será quem tem?
Pela fisionomia devem ter uns 17 e dezoito vi um com pelos no rosto.
Concerteza da capital jovens presos com medo da violência.
Não sabem ainda a verdadeiras façanhas da vida.
Claudia entrou e voltou de biquíni.
E. sem a parte superior.
Alvoroço na sacada.
Também fiz o mesmo.
Só que minha ousadia foi maior voltei só com uma saída de banho sem mais nada por baixo.
Meio inclinadas em nossas cadeiras entre risos conversamos e ai Claudia vai fazer os moços se masturbarem?
Rrsrsr...
Boa idéia.
Vamos fingir que estamos fazendo um siririca.
RS... Boa idéia Claudia e veremos a reação deles.
Pois bem sem nada pra fazer fomos zoar com os jovens. rsrsr
Claudia ficava acariciando os seios, inclinava a bunda pra ficarem mis visíveis e quem olhasse de costas pensaria que ela estava batendo uma siririca.
Alvoroço.
Creio que tinha poucos binóculos rsrsr.
Porra!
Deixa-me eu ver também Fabio.
Cacete a mulher ta metendo os dedos na xoxota!
Ah.
Caralho eu vou dar um troço olha como eu, estou de pau duro Ricardo.
Sai dessa Tiago vou olhar nada de pau, quero é uma xoxota pra meter.
Rsrsr...
Pois bem os jovens em plena adolescência seus anseios e desejos a flor da pele.
Ficar vendo duas mulheres seminuas numa casa ao lado e ainda achando que não estão sendo vista dá nisto.
Eu dobrei minhas pernas e como se tivesse fazendo carinho em minha intimidade tinha gestos de convulsões orgásticas.
Para desespero dos jovens.
Que na sacada da casa e com seus gestos de mãos estavam se masturbando sim.
Rsrsrsr
Claudia ria de sua peraltice, eu também.
Depois de alguns minutos levantamos e sem roupas nos jogamos na piscina.
Só ouvimos em uníssono os suspiros.
Ahh deliciosas esta mulheres.
Quando saímos da piscina, Cláudia começou a falar alto pena não é Marcela sem termos um homem para fazer-nos companhia!
Verdade Claudia só daqui a dois dias nossos namorados chegam.
-Bem que poderia ter algum vizinho fazer companhia,
-Não é Claudia, mas todas as casas estão vazias!
-Pois é Marcela pena mesmo.
-Vamos entrar amanha quem sabe aparece alguém.
-Pronto a isca foi jogada.
No outro dia pela manha logo cedo tínhamos acabado de tomar café e surgem no portão três rapagões brancos de olhos claros.
Fábio foi o porta voz e foi dizendo que era vizinho que estavam veraneando. mas a piscina estava suja, se nós não nos importávamos de deixar eles dar uns mergulhos?
Não poderiam ir à praia estava esperando chegar piscineiro fazer a limpeza.
Claro que não! É ate bom gostamos muito de adolescentes.
Fábio retrucou de imediato, mas já somos de maiores. nossos pais ainda virão viemos na frente somos amigos de cursinho e se apresentaram.
Fábio 19 anos estudante, Ricardo e Tiago 18 anos estudantes.
Seus pais são do estado de Goiás, estão de férias.
Eu e Claudia nos apresentamos e providenciamos um suco para os rapazes.
Muito altos e com sorriso muito espontâneo.
Fábio parecia ser o mais serio.
Assim ficamos ao sol enquanto os rapazes mergulhavam.
Depois eu resolvi entrar na piscina para deleite dos três jovens que me desnudavam com seus olhares. Mas o Fabio olhava serio mesmo com jeito atraente.
Tai gostei do frangote. Quem sabe pode rolar algo.
Sou livre não é verdade.
Quando estava na piscina o Fabio se aproximou e começamos a conversar, muito perspicaz e inteligente.
Quando entrei na piscina o Fabio me deu uma piscada de olho e jogou um beijo.
Hum...
Delicia fiquei maluquinha para dar uma pegada forte naquele corpo atlético
Sair da piscina e fui pegar um refrigerante
Ele (Fábio) ficava me olhando
Pensei que será que ele quer comigo.
Bem se Maomé não vai à montanha então eu doce mel irei a Maomé.
Aproximei-me e olhei nos olhos dele e disse no ouvido dele que o desejava, ele riu e disse que também estava me desejando e querendo muito, disse para eu segui-lo, como ele morava do lado.
Fomos dialogar um pouco.
Conversamos um pouco sobre nós, não agüentamos explodimos em um beijo quente,
Nossa eu me senti no paraíso.
Que boquinha suculenta.
Eu estava maluca em querer se envolver com um rapaz mais novo.
Mas... atração era tamanha não pensava naquele exato momento a não ser sentir e dar prazer.
Foi uma explosão de desejos em minutos estávamos como alucinados em um colchão em um quarto vazio de sua casa. Abraçava-me beijava dizia palavras de carinho.Não suportei e me entreguei a lascívia de meu corpo.
Ufa que moço, ein!
Ficamos juntinhos seu cacete parecia um mastro.
Posicionei-me ele veio com tamanha vontade e foi colocando devagarzinho, eu pedia mete, meu safado, vai meu menino lindo... que cacete gostoso,ele então começou a dar estocadas curtas e ia ate o fundo.
O instinto induzia a ir à procura do prazer maior.
Ficamos assim durante um tempo, ele começou a gemer alto
Eu gemia e pedia mais...
Depois de uma gozada magnífica ele me abraçou e ficamos assim juntinhos de conchinha.
Mesmo que tenha sido em um colchão no quarto vazio.
Foi à coisa mais gostosa que senti nos últimos tempos estávamos em êxtase.
Ficou um aroma no ar de sexo. Sexo e volúpia, seus olhos cintilavam de felicidade, não precisava de palavras para traduzir o que estávamos sentindo, naquele momento o Mundo só era nosso.
Nada mais interessava.
Beijamos-nos carinhosamente ficamos ali abraçados por uns minutos ate recuperar as forças, e fomos para o banheiro e fizemos amor ali embaixo do chuveiro.
Depois fomos ao terraço nos beijávamos e voltamos para a piscina e a certeza que a noite iria repetir novamente
Fui embora feliz da vida.
Sob seu olhar a me seguir.
Fábio e um despertar de paixão aliado ao amor.


Docecomomel(hgata)
Imagem do google
"Não Confundam o Autor com sua obra"

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Suas palavras...Minhas emoções!

Marcadores

Crie Não Copiei

Crie Não Copiei

"Meu Nascimento" 12/07/2010.

"Meu Nascimento" 12/07/2010.
Como sem querer envoltos em pensamentos de carinho e amor nasceu a concepção deste Blog. Meus contos são a prova viva de quem sabe não precisa nascer sabendo.Aprendi a andar sozinha e sei o meu real valor...O que muitos que se julgavam capazes pisam e desmoralizam. Nada sabem. Não sou fake nem tão pouco poetisa. Sou Mulher humana que faz de seus descaminhos errantes estradas de Paz e Luz para todos."Sou docecomomel(hgata)" Meu primeiro conto erótico 12/7/2010.

Posts