.

.

Acessos em Êxtase !

.Contos Eróticos de Docecomomel

.Contos Eróticos de Docecomomel

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Quietinha e de Madrugada!

Eu tenho um casal de amigos que saímos sempre juntos. Acontece que eles namoram faz um bocado de tempo ,mas a família dela por preconceito de status não permite e não quer de forma alguma .Como sou solteira eu sou usada como fachada para seus encontros.Ou seja todos acham que o Josué é meu namorado ou caso.Nem sei como denominar.E sempre que tem feriados prolongados viajamos sempre os três.
Mas o que aconteceu na ultima viagem estava fora da programação.
O certo é sairmos pra festas praias eles se curtirem e eu achar meus ficantes para curtir. Afinal não quero ninguém agora para compromisso.
Fomos para uma fazenda um feriadão cidade próxima do interior do meu estado iria ter festa de vaquejadas. Como o Josué tem criação de animais gosta e fomos de companhia.No sábado de noite depois da festa que dançamos um bocado e bebemos outro tanto ,fomos pra casa da fazenda dos pais de Josué.
Poxa não contávamos que casa estivesse cheia dos parentes dele que haviam ido à festa também.
Ficou denominado um quarto para nós três (3)
Achei que depois do uísque que Josué tinha tomado ia deitar e dormir. Mas que nada que dormiu igual pedra foi a namorada dele a Isabel.
Eu assim que cheguei tomei um banho vesti uma roupa decente já que iria dormir a três numa cama de casal. Isabel tinha tomado todas chegou se jogou na cama ficando bem ao lado da parede.Poxa quer dizer que ficarei ao lado de Josué.
Mas precisava descansar a não ser que quisesse passar a noite em claro. Estava morta de cansada.
Deitei de lado dando as costas pra Josué que estava com a fisionomia séria como sempre. Eu estava já dormindo com maior prazer de anjo sonhador.Quando sinto algo encostado a minha bunda.
Algo rígido e super duro.
Tentei me afastar, mas pra onde? Josué colocou um braço sobre a minha cintura indo em direção a minha xaninha. Ele acariciava circundado os dedos por cima da calcinha.Tentei afastá-lo com o cotovelo ,sem alarme não queria ser causadora de um problema na vida de Isabel pois sabia o quanto ela o amava.Ele apertava mais ainda seu braço sobre meu corpo.
Depois bem baixo no meu ouvido diz entre sussurros.
Marcelinha gostosa é hoje...Nosso dia que tanto espero pra te comer!
Eu não queria acreditar na safadeza dele.
Josué você é doido?Isabel pode acordar.
Rsrsr Duvido você não viu o remédio que dei a ela pra dormir, só amanhã minha gostosa e olhe lá a hora com a bebida que bebeu ta anestesiada.
E você não adianta fingir que não sabia que eu queria te comer pois veio dormir aqui sabendo.Ou não?
Claro que não! Achei que éramos amigos irmãos.
-Amigos e irmãos somos, mas da cintura pra cima gata,pra baixo tu é mulher e gostosa e quero-te foder e muito e calada, senão povo acorda fica feio é pra tu.
Dizendo isso veio por cima de mim já de cacete armado, duro, babando de excitado. E com um puxão tirou minha calcinha e suspendendo minha camisola.
Eu impossibilitada de pavor,junto ao cansaço e vergonha nada fiz.
O safado me beijava lambuzava meu rosto, e bem lentamente desceu sua boca em direção a minha xoxota.Que estava à mercê de sua vontade.
Ufa Josué meteu a língua que parecia um pênis duro que me excitei. O safado chupava de um jeito que impossível resistir e não gostar.
Só não contribuía, mas aceitava seus carinhos.
Olhei seu membro e vi o tamanho que dava gosto de grosso.
Estes caras com descendência afros parecem descomunais. (mas tudo tem exceção é claro)
Com sua sugadas eu gozei com maior simplicidade.
Ele enlouqueceu e sugou todo meu gozo.
Olhando sua fisionomia via estampado em seu rosto a satisfação.
Deitou-se sobre mim e bem baixinho disse Marcelinha minha gostosa você agora vai provar de meu cacete.
Será só umazinha pra apetecer pra mais tarde.
Colocou a camisinha e no tradicional papai e mamãe veio com tudo.
Metia seu cacete com cada estocada que sentia suas bolas baterem na portinha do meu rabinho.
Metia com força e vigor, e gemia falava entre dentes bem baixinho,eu sentia seu hálito morno em meus ouvidos.
Toma gostosa meu leitinho ...
Você vai gamar que vai querer é sempre.
Abra tua Xoxota safadinha gostosa pra receber o Josuézinhooooooooooo.
E explodiu em um gozo.
Poxa que foda rápida gostosa sigilosa e com gosto de quero mais.
Seu cacete saiu ele tirou a camisinha limpou-se enrolou tudo em papel higienico ,e com maior cara de pau me afastou e deitou-se abraçando à Isabel que estava dormindo feito um anjo.
Abraçando-a e deu piscadela de olho para mim.
Ufa... O cara é doido vai deitar com a namorada com gostinho de minha Xoxota na boca.
Só poderia deitar e esperar amanhecer.
Agora estou em duvidas o que fazer!
Não sair mais com eles ou quem sabe sair mais vezes que vocês acham?
Pois mesmo sem me entregar aos prazeres o Josué foi um bom amante, eu sem querer ele ainda me fez ter dois orgasmos imagine eu querendo...
Depois eu conto ta.


Docecomomel(hgata)
"Não confundam o autor com sua Obra"
Imagem do google
Meu blog
http://sensacoescomemocoes.blogspot.com/


Um comentário:

  1. Boa tarde Poetisa, seu contexto erótico/afetivo esta completo, destes aos teus personagens a libidinagem necessária para que fossem ordinários de marca maior, e protagonizassem uma deliciosa foda em meio ao perigo eminente de um flagra fudido, isto meu excitou pra cacete, parabéns pelo seu excitante poema, um grande abraço, MJ.

    ResponderExcluir

Suas palavras...Minhas emoções!

Marcadores

Crie Não Copiei

Crie Não Copiei

"Meu Nascimento" 12/07/2010.

"Meu Nascimento" 12/07/2010.
Como sem querer envoltos em pensamentos de carinho e amor nasceu a concepção deste Blog. Meus contos são a prova viva de quem sabe não precisa nascer sabendo.Aprendi a andar sozinha e sei o meu real valor...O que muitos que se julgavam capazes pisam e desmoralizam. Nada sabem. Não sou fake nem tão pouco poetisa. Sou Mulher humana que faz de seus descaminhos errantes estradas de Paz e Luz para todos."Sou docecomomel(hgata)" Meu primeiro conto erótico 12/7/2010.

Posts