Acessos em Êxtase !

quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Fui traida por uma amiga.




Bom já se foi o tempo que namorado de amigas é coisa pra ser só vista e admirada jamais cobiçado.
Meu relato é de algum tempo atrás. Eu ainda tinha mais confiança em amigas, mas depois do ocorrido à coisa mudou.
Eu namorava com Vitor já há alguns meses, ele trabalhava fora. E quando vinha para nossa cidade saiamos em finais de semana.
Eu Vitor e minha amiga Elza.
A Elza amiga minha desde a infância, até então eu confiava cegamente nela.
Além de sermos confidentes.
Bom, Elza tem 28 anos, morena, peitos grandes, pernas torneadas e curvas que são bastante admiradas.
O Vitor é muito gostoso por sinal, o cara sarado. Ele tem 32 anos é divorciado.
Eu sou morena clara tenho 28 anos sou tipo falsa magra.
Muitos me acham sex, não posso me vangloriar de meus dotes, espero que os outros o digam, é o mais certo.
Eu falava muito do Vitor para Elza, pois ela muitas vezes ficava me indagando dele, Se ligou se falamos no MSN, se saiamos se rolou sexo.
Estas coisas de amizade que nem sempre é bom se abrir totalmente ficamos muito vulneráveis.
Mostrava minhas fotos com ele.
Falava tanto e mostrava umas fotos dele, que eu tirei em poses sensuais certa vez que fomos a um motel. Ele pelado de cacete armado estas coisas que ele gostava .
Depois de um tempo a Elza me aprontou vou relatar o ocorrido, palavras dela ate então:
Era incontrolável! Ciúmes!
Depois de certo tempo nós estávamos brigados.
E a minha ex- amiga Elza se ofereceu para apaziguar a nossa guerrinha particular, eu ainda como idiota dei numero do celular dele.
Pois bem.
Foi assim:
Ela fez muito bem a amizade deles se tornou sólida e:
E ele começou dá encima dela até que rolou algo entre eles.
O tempo passou e eu soube tudo como aconteceu, a Elza mesma me contou me pedindo perdão, pois sentia uma atração fulminante pelo Vitor.
Mas acabou, mas que rolou muito sexo isto ela disse que teve, mas foi coisa passageira.
Passou um mês e ele veio pra nossa cidade.
No dia, ela foi esperar na rodoviária, foi toda produzida pra ele, só de pensar em ver ele. Que começava se excitar.
Junto a ele ficava o tempo todo excitada.
Precisava ficar a sós com ele e armou assim.
A Elza convidou o Vitor para ir a sua casa dizendo que eu estaria lá, ele na esperança de uma reconciliação foi, mas como eu poderia ir se não estava o par de nada?
Entre uma cerveja e outra Elza se insinuava e Vitor na ansiedade a minha espera bebia mais, coisa que não tem o habito.
E entre conversas ela olhava pra ele de um jeito safado e notou que ele também retribuía. Assim ela sentou-se a seu lado no sofá.
Disfarçadamente, passou a sua perna na perna dele.
Estávamos sentados juntinhos no sofá, um sentindo o calor do outro. Já era bem tarde da noite Vitor esta meio de pileque, ela ofereceu sua casa pra ele ficar e pernoitar, é claro que ele aceitou imediatamente, alegando que naquela hora da noite não dava pra procurar um taxi.
-Elza... Ficou radiante que seus planos estavam dando certo.
-Eles ficaram sozinhos, e ela com uma cara de safada, perguntou se ele não gostaria de tomar um banho para dormir, realmente estava muito calor... Ele aceitou e foi pro banheiro tomar seu banho.
Ofereceu-lhe uma toalha, como a porta do banheiro não estava fechada, pela brecha da porta, Ela o via esfregando-se se ensaboando.
Enquanto isto, Elza se acariciava no sofá discretamente visualizando o corpo de Vitor no banho.
Poxa que sacrifício, Elza queria mesmo era entrar naquele chuveiro e tomar banho com ele.
Mas onde estava minha coragem?
Do banheiro Vitor observava Elza no sofá se acariciando. Então ela o desejava!
Assim que ele saiu do banho veio em sua direção e como um magnetismo a puxa e a beija.
Beijava-a toda, sem ao menos ela poder falar nada, só sentir aquele excitação super inexplicável!
Começou a tirar sua roupa rapidamente e foram pro quarto que fica ao lado.
Estavam completamente nus.
Elza nem acreditava, um desejo seu que estava se realizando.
Ele a puxou para cama e começaram a transar bem gostoso, sem pensar em nada. Só no prazer sentido.
Depois de um orgasmo alucinado e cheio de excitação, ele começou acariciar-lhe por todo o corpo até chegar à sua vagina que estava todinha molhadinha.
Começou a lamber minha vagina bem devagar me deixando loucas de excitação depois fizeram um sessenta e nove.
O Vitor era o que ela sonhava e imaginava, Tinha um cacete delicioso.
Depois ficaram descansando abraçados extenuados de tanto transa.
Fizeram todas as posições imagináveis.
De manhã Elza foi acordada com ele chupando sua vagina, Elza começou a chupar seu cacete
Também bem gostoso, e ele adorou isso.
Gozando em sua boca, ele preferiu derramar seu leite entre seus seios.
Senti seu leite viscoso a escorrer.
Dá um frenesi bem legal.
Depois ele falou que nunca tinha tido uma noite tão boa e agitada assim e queria ficar permanente com ela namorando. Ela indagou e Marcela?
Ah ela agora é carta fora do baralho. Passado!
Que se eu não compareci ao encontro concretiza já desistido do namoro, mas Elza ainda disse que talvez ela estivesse indecisa em reatar ou não. Respondeu-me agora é tarde já é passado.
Então ficaram certo do final de semana dela ir à cidade dele.
E ele vir direto para sua casa sem ninguém saber, E assim ficaram uns quatro ou cinco meses de encontros, relação sexuais fenomenais que lhe deixava feliz.
Ate que por acaso:
Vitor encontrou-se com a Marcela e soube do desencontro, e seus planos de um romance com um homem maravilhoso foi por água abaixo.
Mesmo assim Elza afirma com prazer que foi bom enquanto durou.
E se fosse possível para tê-lo a seu lado faria tudo de novo.
Que valeu a pena de estar com aquele maravilhoso homem.
Muito bom de cama,quando lembra de suas transas ainda fica super excitada.
E...o Vitor é um verdadeiro garanhão eu mesmo ainda sinto saudades de nossas noite de extrema felicidade.
Snif...Snif..Acabou,mas nada é eterno.


Docecomomel(hgata)
Imagem do google
"Não confundam autor com sua obra"

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Suas palavras...Minhas emoções!

Marcadores

Crie Não Copiei

Crie Não Copiei

"Meu Nascimento" 12/07/2010.

"Meu Nascimento" 12/07/2010.
Como sem querer envoltos em pensamentos de carinho e amor nasceu a concepção deste Blog. Meus contos são a prova viva de quem sabe não precisa nascer sabendo.Aprendi a andar sozinha e sei o meu real valor...O que muitos que se julgavam capazes pisam e desmoralizam. Nada sabem. Não sou fake nem tão pouco poetisa. Sou Mulher humana que faz de seus descaminhos errantes estradas de Paz e Luz para todos."Sou docecomomel(hgata)" Meu primeiro conto erótico 12/7/2010.

Posts

Obrigada

Obrigada
Agradeço a todos que perdem seu precioso tempo em visitar este blog. Fico muito feliz de poder saber que muitos veêm leêm e recomendam . Obrigada de coração: (docecomomel)