Acessos em Êxtase !

terça-feira, 30 de novembro de 2010

Um caso Virtual que virou Real !


Do virtual ao Real
Encontrei-me com o Marcos no shopping.
Era a nossa primeira vez...
Ao vivo que conversamos pessoalmente.
Já fazia dois meses que tínhamos contatos via internet. (MSN)
Já o conhecia de fotos e pelo Webcam. Hum ele era tudo que eu gostava em um homem,um sorriso lindo seus olhos cintilavam de alegria.
Se eu estava caidinha por ele antes de vê-lo.
Agora pronto apaixonei-me de verdade.
Marcos era um gato mesmo.
E como era diversificado nas conversas, não um chato que parte logo pra falar de sexo, isto cativa a mulher e muito, a sensualidade exalava de seu corpo atlético.
Conversamos bastante e vamos sair de noite para dançar.
Hum a sexta feira será perfeita, isto eu tenho certeza.
Ia esquecendo ele é poeta acho que vamos poetar lindos contos de amor.
Pronto achei minha tampa.
Com toda certeza estou arriada os quatro pneus. E ainda o estepe,rsrsr
Já são 20.00 h vejo um carro parar a minha porta.
Sim era ele o Marcos.
Fomos a uma pizzaria tomamos duas cervejas e comemos um petisco.
Já era umas 22.30 Quando Marcos segurando minhas mãos entre as suas olha-me nos olhos e diz.
Marcela minha querida você gostaria de irmos a um motel?
Já temos certa intimidade precisamos selar nossa relação.
Eu quero! Você me quer?
Fiquei desarmada sobre aquele olhar franco e direto de menino carente.
Pensei um minuto e anui com a cabeça.
Bem Marcos se você me quer o tanto que eu te quero teremos bons momentos de amor e paixão.
Assim fomos.
Não irei negar que estava apreensivo afinal sair com uma pessoa que se conhece virtualmente é por demais perigosos.
Mas pelas informações obtidas não era um mau caráter. Chegamos a um motel de boa qualidade.
Entramos e Marcos e eu ficamos abraçados deixando nossos olhos habituar-se ao ambiente, que estava à meia luz.
Muito legal e confortável cama redonda, espelhos, uma poltrona. E muita sensualidade que exalava de nossos corpos.
Ficamos a vontade até quando criasse coragem para tomar iniciativa.
Marcos começou acariciando meu seio tirou-me a blusa e desceu seus lábios mornos, sugando-os mamando.
Sentia minhas pernas tremulas.
Estava ficando cada vez mais excitada.
Tirei sua camisa que me revelou um tronco forte com pelos ralos em seu tórax.
Adoro isto.
Acariciávamos sem pressa descobrindo nossos desejos.
Com um leve toque no ombro Marcos e eu fomos para a cama.
Os lençóis de seda davam um toque a mais no ambiente.
Deitados Marcos conduziu-me a fazer umas caricias em seu cacete que fazia uma curva de tão excitado que estava.
Não era muito grande, mas era de uma espessura fenomenal.
Ele me puxa pra mais perto e empurra de leve minha cabeça para seu cacete.
Começo lamber a cabecinha de leve, vou alisando , lambendo como um sorvete derretendo, vou descendo pra base, dou uma sugada, seguro firme na base e abocanho aquele cacete... Vou sugando com força, vou sugando com vontade, chupando realmente com força, o fazendoele sentir minha boca quente.
Cada vez mais ele fica mais a vontade, gulosa mesmo.
Delirava de prazer
Meu lábio sedento apossou-se de seu membro, e de joelhos na cama e sugando aquele membro duro.
Vou sugando gostoso fazendo desaparecer na minha boca, ouvindo seu gemido tímido. Marcos delirava de prazer.
Falando palavras que me incentivavam a engolir mais cada vez mais com gosto seu cacete.
Ele muda de posição e...
Ele me deita na cama.
Passa a ficar de frente pra mim e entre minhas pernas, segurando nas minhas ancas
Vai chupando gostoso, fazendo pressão, sua barba acariciava minhas coxas dando maior prazer.
Vai afundando sua boca entre os meus lábios, suga meu clitóris, brinca com os meus lábios.
Circundando e adentrando minha gruta que tinhas espasmos de prazer.
Sua língua entra e sai em minha gruta.
Fico extasiada explodo em um gozo.
Marcos me suga mais ainda e os prazeres de meu sexo tornam-se cada vez mais fortes.
Fiquei em transe alguns minutos.
Inclinei Marcos sobre a cama e comecei a cavalgar seu mastro.
Seu membro absorvia minha gruta que latejava a sentir toda a espessura deliciosa de seu cacete.
Cavalgava me deliciando com a visão do rosto do Marcos que com estocadas de seus quadris metia fundo e gostoso todo seu membro.
.Via em seu olhar que seu gozo estava próximo,
Em poucos minutos senti seu membro soltar espasmos de seu esperma que parecia um jorro delicioso em minhas entranhas.
Ficamos quietos sentindo as sensações de nossos corpos e Marcos não me deixou sair de seu cacete.
Dizendo fica amoré o deixaele descansar na sua gruta logo se reanima.
Mas o gozo foi intenso que eu sentir seu cacete sair em poucos minutos, deslizando de sua alcova.
Marcos tirou a camisinha e fomos tomar um banho, abraçando-me por trás diz.
-Vamos minha gostosa que nossa noite vai ser de muita farra.
-Quero você de todas as posições.
-Marcela você me é muito da gostosa e safadinha minha pimentinha baiana.
-Bem nem preciso dizer que e noite foi uma verdadeira farra não é?
Foi uma das melhores noites de minha vida.


Docecomomel(hgata)
Imagem do google
"Não Confundam o autor com sua obra"

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Suas palavras...Minhas emoções!

Marcadores

Crie Não Copiei

Crie Não Copiei

"Meu Nascimento" 12/07/2010.

"Meu Nascimento" 12/07/2010.
Como sem querer envoltos em pensamentos de carinho e amor nasceu a concepção deste Blog. Meus contos são a prova viva de quem sabe não precisa nascer sabendo.Aprendi a andar sozinha e sei o meu real valor...O que muitos que se julgavam capazes pisam e desmoralizam. Nada sabem. Não sou fake nem tão pouco poetisa. Sou Mulher humana que faz de seus descaminhos errantes estradas de Paz e Luz para todos."Sou docecomomel(hgata)" Meu primeiro conto erótico 12/7/2010.

Posts

Obrigada

Obrigada
Agradeço a todos que perdem seu precioso tempo em visitar este blog. Fico muito feliz de poder saber que muitos veêm leêm e recomendam . Obrigada de coração: (docecomomel)