.

.

Acessos em Êxtase !

.Contos Eróticos de Docecomomel

.Contos Eróticos de Docecomomel

quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Márcia... Uma Insaciável.



Márcia uma Insaciável

Eu me chamo Márcia já completei 50 anos, casei-me virgem e até hoje só conheci um homem que é meu marido.Na concepção da palavra sobre conhecer homens, é que só tive relações com ele.
Só sei que é meu príncipe.
Temos um jogo de sensualidade que praticamente diariamente temos relações amorosas, Digo amorosa por que é nutrido com muito amor.
Somos a corda e a caçamba.
Mas de uns tempos para cá ando observando que o Carlos anda com idéias fantasiosas.
Até me indagou se aceitaria dividi-lo com outra.
Na mesma cama eu ele e outra pessoa.
Bem fiquei chocada.
Mas quando ele me disse que não teria problemas de compartilha eu com outro.
Fiquei triste achando que não me amava mais.
Depois de alguns dias e uma conversa franca.
Eis a resposta inusitada.
Márcia minha querida esposa te amo muito do fundo do coração.
Mas aceito dividir você com outro homem para provares, e ter a certeza que me adora, mesmo depois de anos passados juntos e de todas as adversidades do tempo e da vida.
Bem a idéia foi plantada.
E Carlos algumas vezes dizia-me se eu sentisse atração por alguém.
Teria livre escolha de transar.
Desde que tivesse devido cuidados, tipo doenças e pessoas de má índole.
O tempo foi passando.
A idéia caiu no meu esquecimento.
Até que fomos fazer uma reforma na casa e um operário muito gentil me encantou.
Claudio moreno forte com seus 38 anos bom falante, e gentil.
Este operário trabalhou vários dias na minha casa, e sempre à tarde eu ficava sozinha.
Filhos cursinho marido de plantão no trabalho.
Estas coisas que a mulher que fica de prontidão para servir caso precisasse de algo na reforma.
Entre meus devaneios ficava na sala lendo uma revista, e observava o Claudio passar de um lado pra outro.
Excitava-me vê-lo com suas roupas apertadas delineando seu corpo forte.
Na 3ª noite não conseguia conciliar o sono, mesmo depois de uma relação amorosa muito legal com meu amado.
Sentia uma comichão nas minhas entranhas.
Sim eu estava excitada e muito.
Mas nos meu pensamento, só visualizava o Claudio.
Depois da noite mal dormida. todos saíram e fui tomar banho.
Não suportei e fiz uma siririca vendo a minha frente o Claudio com seu tronco forte e com um cacete enorme a me penetrar.
Aff.Orgasmo imediato me deixou aliviada.
Mas o dia é grande.
Os pensamentos povoam nossa mente sem querer.
Ansiosa estava pra acabar o serviço.
Após o almoço estava eu sozinha o ajudante de Claudio saiu mais cedo, foi ao medico.
Mesmo assim ele ficou acabando e avisou-me se precisasse me chamava.
Já um pouco tarde Claudio chama-me
Oh Dona Márcia a Srª pode vir aqui.
Claro! O que é.
Segure aqui esta ferramenta para marcar local onde vou colocar o espelho do lavabo.
Estava eu de costas quando Claudio aproxima-se por trás para marcar o tal espelho.
Fiquei estática quando encostou seu membro na minha bunda.
Estava rígido e completamente em estado de ereção.
Senti uma descarga elétrica pelo meu corpo.
Mas nada disse.
Mas ficou certo que havia notado.
Logo sai do aposento.
Mas continuei inquieta.
Ele também ficou meio encabulado, creio que o contato de seu membro em minha bunda mexeu com ele também.
No outro dia.
Claudio avisou-me que o serviço estava acabando.
Mas muito direto foi logo me indagando.
Dona Márcia me responda?
Já traiu seu marido.
Na. Na..Naão.
Respondi gaguejando.
Mas me diga sente vontade de ter outro homem?
Bem... Bem na verdade tenho.
E gostaria de realizar uma fantasia minha.
Jura?
Que fantasia.
De transar com alguém perto de meu marido chegar para sentir a sensação de flagrante.
Poxa.
Dona Márcia.
Já que a Sr disse desde o dia que estou aqui trabalhando que ando doido por você.
Observo seu andar e fico excitada, e com meus pensamentos safados, indago-me será que marido dela a deixa satisfeita e feliz?
Deixa sim ele é ótimo amante.
Mas sabe como é só tive ele como homem.
Só o conheço na cama.
Diga-me uma coisa com sinceridade?
Sente alguma atração por mim?
Bem atração não e palavra certa, mas tesão, sim.
Ontem mesmo quando você encostou-se em mim.
Não me contive e masturbei quando fui banhar-me.
Rsrsr .Poxa que legal eu também fiz o mesmo e pensava em você ,sua boca .suas coxas, grossas e roliças.E na sua xoxota que deve ser um vulcão.
Há Claudio não me tente que não resisto!
Você toparia ir pra cama comigo?
Agora?
Sim toparia sim.
Então vamos?
-Há e se meu marido chegar?
-Não ele sempre chega as 18.40 e são 1630 agora.
-Poxa até isto você observou!
-E quando saio daqui o vejo lá no barzinho da esquina.
-E realmente ele passa por La dá dois dedinhos de prosa com amigos e toma uma cerveja às vezes.
-Bem vamos ou não.
Você me quer também quero e muito prometo sigilo.
Vamos lá pra o quarto de visitas lá tem suíte.
Dizendo isto nos dirigimos ao quarto e Claudio já ia apertando minhas nádegas.
Fomos para o banho.
Ele esperou-me quando já terminava entrou no banheiro.
Quando o visualizei pelado e seu mastro em riste sentiu ondas pelo corpo.
Claudio banhou-se sem parar de me olhar que estava enrolada em uma toalha.
Aproximou-se me dando beijo e com palavras doces.
Falou se solte libere seu prazer.
Senti-me nas nuvens seu beijo suave, com sua língua percorrendo minha boca.
Estava excitada demais.
Ele parecia que ia explodir de tamanha excitação.
O desejo iminente.
Foi um fogo rápido em nossos corpos.
Com gentileza me pegou no colo, colocou-me na cama. colocou a camisinha.
Veio de encontro a mim.
Seu membro acariciava minha xoxota que úmida e quente esperava ansiosa pela penetração.
O tempo era curto o perigo eminente.
Claudio veio com seus lábios saboreou minha xoxota,sugando meus lábios com suavidade,deixando-me mais ainda excitada.
Um breve e rápido momento de caricias mãos que se tocam que acariciam, que se conhecem.
Assim abri minhas pernas e Claudio cavalgou-me com estocadas firme e vigorosas.
Estocava seu cacete adentrando toda minha intimidade,tirando-me suspiros de prazer.
Breve como começou chegamos um orgasmo simultâneo,e abraçados nos beijamos trocando palavras de amor.
Juras foram feitas e sentimentos sentidos.
Assim em tarde de saudade.
Tenho meu bom Claudio que me complementa.
Adrenalina a mil.
Meu marido me disse que ando com a carinha mais feliz.
Apenas respondi.
Verdade está realmente feliz da vida.
Meu bom Claudio me complementa nas minhas tardes de solidão.
Ah. Soube também que meu marido anda com uma moça ai nos dias que fala que vai se encontrar com amigos de trabalho.
Fazer o que não é?
Continuar a seremos felizes.
Amando e sendo amados.
Este conto é baseado em fatos surreais.Nada a ver com ninguém de meu conhecimento.Não é Claudio?
Meu bom e amado Claudio que prazeres me dá.entre gemidos e suspiros sei onde você sempre está.
No calor da minha xoxota que sempre você faz gozar.
Amo-te Claudio meu amante adorado.

Respeite meus direitos
Imagem do google
Docecomomel(hgata)

Este conto é baseado em fatos surreais.Nada a ver com ninguém de meu conhecimento.Não é Claudio?




Meu bom e amado Claudio que prazeres me dá.entre gemidos e suspiros sei onde você sempre está.
No calor da minha xoxota que sempre você faz gozar.
Amo-te Claudio meu amante adorado.

Respeite meus direitos
Imagem do google
Docecomomel(hgata)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Suas palavras...Minhas emoções!

Marcadores

Crie Não Copiei

Crie Não Copiei

"Meu Nascimento" 12/07/2010.

"Meu Nascimento" 12/07/2010.
Como sem querer envoltos em pensamentos de carinho e amor nasceu a concepção deste Blog. Meus contos são a prova viva de quem sabe não precisa nascer sabendo.Aprendi a andar sozinha e sei o meu real valor...O que muitos que se julgavam capazes pisam e desmoralizam. Nada sabem. Não sou fake nem tão pouco poetisa. Sou Mulher humana que faz de seus descaminhos errantes estradas de Paz e Luz para todos."Sou docecomomel(hgata)" Meu primeiro conto erótico 12/7/2010.

Posts