.

.

Acessos em Êxtase !

.Contos Eróticos de Docecomomel

.Contos Eróticos de Docecomomel

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Eu e o Boy da Empresa.


Traindo com o boy da firma
Vou relatar minha última façanha quase me dei mal.
Mas com um jeitinho consegui dá uma escapadinha com um funcionário de meu marido.
No transcorrer do churrasco notava o olhar de Paulo sobre mim.
Paulo é boy da firma o faz tudo de meu marido.
Mas preocupada em servir aos poucos convidados não dei muita importância.
Mas bem tarde meu marido já tinha excedido na bebida, acabado o churrasco o Paulo ficou me ajudando a colocar as mesas e cadeiras no lugar.
De repente meu marido desabou literalmente.
Fiquei indignada, mas nada poderia fazer a não ser colocá-lo na cama.
Sabia que só no outro dia iria acordar.
O Paulo me ajudou neste serviço.
Marcos já deitado, só de cuecas roncava solto.
Depois de muito agradecer a Paulo o convidei a tomar uma cerveja, já que durante o churrasco não tivemos esta oportunidade de conversar.
Ele aceitou e ainda brincou que só uma, pois teria que ir pra casa.
Enquanto sorvia da cerveja e comia uns petiscos olhava para Paulo e imaginava o seu desempenho como homem. (Eu penso mesmo quando olho para um homem bonito)
Era jovem forte bem musculoso, mas não malhado.
Fiquei em devaneios pensando tudo o que ele pudesse fazer comigo na cama.
Ufa fiquei excitada seria ótimo tê-lo como companhia já que meu marido ta bêbado.
E anda mais com putas do que comigo.
Safado que é.
Como um instinto Paulo aproximou-se e começou a me beijar e acariciar, mesmo sem corresponder eu conseguia sentir bem os seus abraços, as mãos dele me apertando.
Mas é muito difícil uma mulher carente resistir a isto e eu não serei exceção.
Logo estava sendo possuída não havia palavras só o sentimento de posse e eu correspondía a seus desejos.
E meus também queria tudo tanto quanto ele.
Uma delicia sua força e desejo.
Ufa e que cacete.
O pau dele me rasgando com aquelas estocadas fortes.
Nossa, era uma delícia.
Mas no olhar dele, tinha uma mensagem de safado sabia que eu desejava sexo mesmo.
Era um jeito “sem vergonha” de me olhar, de falar comigo,
Agora ele me olhava, desnudava meus anseios e pudores eram jogados por terras.
Era eu uma mulher carente de sexo mesmo.
Sem falso pudor.
Meu marido estava roncando e jamais saberia de toda aquela situação.
Entre uma metida e outro Paulo dizia que sabia que eu queria isto há muito tempo e ele também, só procurava a oportunidade
Minha patroinha safada e gostosa
Assim que ele me colocou de quatro e começou a lamber minha genitália toda, sentia ondas de arrepios pelo corpo.
Sua satisfação quando gozei em sua boca foi sublime.
Sabia que queria me enrabar e pra ser sincera era o que eu também queria.
Sentia um arrepio percorrendo meu corpo, dizendo algo como “pára com isso!”, Não me torture
-Venha Paulo me coma.
Possua-me safado
Ele disse que estava com muita excitação por mim e queria muito poder ficar comigo há tempos e sempre que eu ia à firma ele batia punheta pensando em mim.
Sonhava de ficar a sós comigo pra mostrar toda a sua tara.
Enquanto falava, corria sua mão levemente pela parte de dentro das minhas coxas dedilhava meu clitóris que úmido de gozo
Correspondia com espasmos leves de prazer.
Queria dar pra ele há muito tempo.
Queria sentir ele me comendo inteira, me chupando, me pegando bem firme na cintura enquanto socava aquele cacete gostoso dentro de mim como uma tora enorme e grossa.
Sozinhos na casa queria sim aproveitar daquele desejo gostoso do meu funcionário.
Excitadíssimo Paulo me possuía sem resguardo, percorremos os cômodos da casa tal qual um casal tarados sem se importar que o Marcos acordasse.
Ele não parava de meter e gemer gostoso, meus peitos ele mamava e bolinava-os, e não agüentando mais pedir a ele fazer tudo o que eu quiser comigo
”Ele respondeu na hora, muito safado... “Claro patroa... "O que a senhora mandar eu faço "
O Paulo parecia um animal, me agarrava me beijava na boca, me chupava as orelhas, o pescoço, enquanto corria as mãos pela minha cintura e minha bunda.
Com aquela mão habilidosa, caiu de boca nos meus peitos, deixando meus bicos duros e intumescidos.
Mas ele não parava... Parecia mesmo um animal... Eu estava com muita excitação também e eu podia sentir na respiração dele, e no volume daquele mastro gostoso por entre as minhas coxas.
Foi aí que ele me deitou de bruços no sofá, colocou uma almofada por baixo pra deixar minha bunda empinada, e começou a me chupar todinha por trás
O safado rasgou minha 2ª calcinha, enquanto metia aquela língua deliciosa na minha Xoxota e no meu rabinho.
Eu gemia demais, me soltei mesmo... “Isso Paulo... chupa gostoso, vai... continua vai... aaaiiii, que língua gostosa Paulo...” Até que meu tesão ficou tão grande que explodi num orgasmo m-a-r-a-v-i-l-h-o-s-o.
Acho que nunca tinha sentido um tesão daquele.
Era um sonho, aquele homem gostoso, a situação inusitada, a língua e a chupada por trás que me deixavam completamente louca... Foi alucinante mesmo. Gozei como uma vadia gemendo e urrando de prazer.
Enquanto eu recuperava meu fôlego, e ia curtindo cada momento daquela foda gostosa
Eu continuei ali deitada de bruços mais um pouco depois de gozar, e entre as carícias do Paulo fui ficando excitada de novo, e quando menos o percebi estava apontando o cacete dele na entrada do meu rabinho
Novamente apoderou-se de mim.
Nossa que fogo!
Como um encaixe perfeito.
Empinei a bunda gostoso pra receber aquele cacetão todo em mim, até sentir as bolas dele roçando de leve no meu clitóris
Começou a socar aquela tora em mim bem forte... Tirava tudo e socava... Sentia-o ele entrando inteiro em mim, que delícia.
“Ah... deliciaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa”
Ele estocava forte e logo eu gozei novamente, dessa vez ele também gozou.
Ele me deixou completamente exausta jogada naquele sofá
Fomos para o chuveiro, tirar todo aquele cheiro gostoso de suor e sexo e recomeçamos de novo.
Naquela noite foi minha maior maratona sexual.
Tive orgasmos infindáveis de prazer.
Transamos mais umas quatro ou cinco vezes naquela noite.
Completamente exaustos, dormimos agarradinhos como enamorados e bem de madrugada Paulo saiu às escondidas da minha casa.
Antes que Marcos se curasse da bebedeira.
Bem vou recomendar que Marcos de um aumento de salário a Paulo, pois ele deixou a bagunça do churrasco tudo nos devidos lugares sem contar do meu sorriso largo na face.
E saciada de sexo delicioso.
Ufa que homem nunca tinha tido tantos orgasmos assim.
È a força da juventude. E que força ...Ein!
Bem Marcos que me desculpe, mas acho que sempre Paulo vai faltar algumas tarde ao trabalho.
Mas será essencial deixar a patroinha feliz e cheia de amor.


Docecomomel(hgata)
Docecomomel(hgata)
Imagem do google
"Não Confundam o autor com sua obra"
http://recantodasletras.uol.com.br/contoseroticos/2644267

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Suas palavras...Minhas emoções!

Marcadores

Crie Não Copiei

Crie Não Copiei

"Meu Nascimento" 12/07/2010.

"Meu Nascimento" 12/07/2010.
Como sem querer envoltos em pensamentos de carinho e amor nasceu a concepção deste Blog. Meus contos são a prova viva de quem sabe não precisa nascer sabendo.Aprendi a andar sozinha e sei o meu real valor...O que muitos que se julgavam capazes pisam e desmoralizam. Nada sabem. Não sou fake nem tão pouco poetisa. Sou Mulher humana que faz de seus descaminhos errantes estradas de Paz e Luz para todos."Sou docecomomel(hgata)" Meu primeiro conto erótico 12/7/2010.

Posts