.

.

Acessos em Êxtase !

.Contos Eróticos de Docecomomel

.Contos Eróticos de Docecomomel

sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Dom Juan e Bom de Cama


Certa feita me deu uma idéia maluca de ter uma fantasia erótica. sempre acontece com todos fazer algo inusitado que jamais imaginou ou teve coragem de fazer
Com este desejo no meu intimo acabei deixando a libertinagem tomar posse de meu ser.
Entrei em um chat e comecei a conversar com uma pessoa, muito educado e por coincidência da vida.
Que as coisas acontecem por acaso ou não.
Morávamos na mesma cidade. Já vi coincidência.
Tantos homens na sala de bate papo eu comecei a teclar logo com um baiano arrestado.
Seu nome era Carlos, casado, filhos e cabeça boa.
Livre na forma de pensar.
Mas sabe quando o rato sai e os ratos tomam conta.
Sua esposa em viagem, como estava sozinha teve a feliz idéia de entrar no bate-papo também achar alguém distrair.
Bem eu sou solteira livre.
Que achar que devo fazer só deve satisfações a minha pessoa e procurando não sair dos parâmetros da sociedade em um todo.
Assim depois de algumas conversas entre MSN e emails.
Marcamos de sair eu e Carlos.
Fomos almoçar em um restaurante simples que tem lá próximo ao farol da barra.
Conversas amenas.
Mas eu estava com uma idéia de aproveitar e curtir a minha fantasia, nem preciso dizer que Carlos estava com vontade sim de ir pra um motel. Acabado o almoço!
Saímos a passeio pela orla e fomos a um local onde sempre se ver carros parados e. já sabem casais que começam a conversar e ficam super excitados e saem a mil direto pra os motéis.
Eu e Carlos não seriamos uma exceção naquele dia nublado e quente de outubro.
Carlos muito atencioso se desbrava em gentilezas, as conversas eram triviais até que Carlos me fez uma indagação à queima roupa.
Marcela você teria coragem de me chupar aqui dentro do carro?
Claro! Carlos por que não?
Então prove!
Dizendo isto já foi abrindo a braguilha colocando a poderosa, dura super excitada raivosa babando de tesão.
Aff...Que delicia!
Como poderia resistir a esta tentação grande e grossa.
Discretamente inclinei-me e cai de boca na danada poderosa, chupei e babei todo.
ETA que Carlos ficou como um ensandecido.
Provocou, enfiou e mão dentro da minha calcinha, sentia meu grelinho durinho... Encharcando seus dedos.
Eu suspirava, transpirava me derretia entre seus dedos, perdia as forças... Vontade de gritar bem alto.
Mete gostoso!
Carlos tirou a sua mão de dentro e. lambia e chupava seus dedos , cheirava sua mão...
Chupou seus dedos molhados com o melzinho da minha xoxota deliciaaa...
Saímos dali e fomos para um motel
Lá fizemos mil travessuras na chegada logo Carlos me sugou me tirando um orgasmo delicioso.
Já depois de gozar em sua boca
Banhados.
Eis que vejo Carlos se aproximar com seu cacete em riste, O tinha visto pelo reflexo.
No espelho.
Eu me enxugando, chegou-se por trás.
Acochou seu cacete entre minhas pernas, eu coloquei uma das pernas sob uma cadeira, ele metia fundo... Metia sem dó...
Sentia aquele pau me abrindo lentamente, recebendo a cabeça do seu pau...
E encharcando seu pau conforme ia entrando e deslizando... Estava super... super excitada.
Gozamos assim encostados no espelho.
Em pé.
Uma delicia.
Delirei de prazer.
Perguntou-me se dava o meu rabinho.
Se queria dá a ele.
Sim... quero e muito te dá Carlos, foi a minha resposta.
Carlos ficou radiante, estava querendo comer de tudo e lambuzar-se.
Fiquei de quatro e Carlos foi colocando a camisinha me lambia e metia sua língua em meu rabinho lubrificando.
Estava era faminto com vontade de receber seu cacete.
Senti um ardor na primeira estocada, mas aos poucos com o vai e vem lento no inicio o ardor passou deixando um rastro de volúpia.
Como uma égua no cio rebolava recebendo Carlos nas minhas entranhas.
Meu garanhão metia todo cacete e com as mãos ia me masturbando, apalpava meu grelinho que durinho estava.
Pois bem, estávamos quase morrendo de tesão, até que senti que ele queria gozar. E eu também me deixei guiar, eu gozei em seus dedos, um gozo profundo e forte...
Pois bem, essas foram as nossas aventuras em uma tarde de um dia qualquer, em um motel qualquer na cidade maravilhosa.
Carlos um Dom Juan depois me confessou que jamais iria imaginar que teria uma aventura desta através de um chat, que entrou pra passar o tempo e matar a solidão.
Tempo passou e ele deve andar bem com esposa.
Quando ela está com seus dias de TPM
Eu o abasteço de muita sacanagem e muito gozo.
Carlos um Dom Juan de deixar muitos galãs com inveja de sua performance.



Docecomomel(hgata)
Imagem do google

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Suas palavras...Minhas emoções!

Marcadores

Crie Não Copiei

Crie Não Copiei

"Meu Nascimento" 12/07/2010.

"Meu Nascimento" 12/07/2010.
Como sem querer envoltos em pensamentos de carinho e amor nasceu a concepção deste Blog. Meus contos são a prova viva de quem sabe não precisa nascer sabendo.Aprendi a andar sozinha e sei o meu real valor...O que muitos que se julgavam capazes pisam e desmoralizam. Nada sabem. Não sou fake nem tão pouco poetisa. Sou Mulher humana que faz de seus descaminhos errantes estradas de Paz e Luz para todos."Sou docecomomel(hgata)" Meu primeiro conto erótico 12/7/2010.

Posts