.

.

Acessos em Êxtase !

.Contos Eróticos de Docecomomel

.Contos Eróticos de Docecomomel

quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Um Virgem e Eu...


Poxa todo homem sonha e deseja inaugurar uma mulher na arte de amar.
Mas os homens são tão apressadinhos que com 12 ou 13 anos já estão bem letrados com a maior experiência sexual.
Sei eu tive a sorte ou sei lá se foi isto mesmo de ensinar um rapaz a se comportar como verdadeiro garanhão.
Carlo era um rapaz muito tímido, ele morava bem próximo a minha casa, mas tinha um jeitinho estranho que os amigos até tachavam de gay.
Pois bem gay eim...Ele era apenas tímido e devido ao tamanho de seu cacete descomunal ficava só na solidão de suas mãos.
Tornando-se verdadeiro punheteiro.
Como era muito amigo de meu irmão um dia ouvi os dois conversando.
E fiquei curiosa e excitada, com o papo dos dois
-Poxa Luis este medo que tenho da mulher achar que meu cacete vai arrombar com tudo me deixa louco, eu só fico na punheta cara.
-Deixa de ser besta Carlos quando a mulherada vir tua estrovenga vai fazer é fila para provar. rsrsrsr
-Pois é eu já vou fazer 17 anos e nada de uma chininha!
-Empresta-me tua irmã eu tenho uma tara danada por ela.
-Fecha tua cara Carlos.
-Mas se ela quiser é dela dá a quem quer. rsrsrsr
-Mas tem uma coisa do jeito que é tarada vai botar você pra correr. rsrsr
-Que nada.Se incomoda se paquerar ela?
-Claro que não você é um cara legal.
-Eu ouvindo tudo e fiquei curiosa de saber se o Carlos é bom tamanho mesmo, Poxa já pensou inaugurar e botar o Carlos no caminho da safadeza.
Logo esbocei um plano de tentar seduzir o Carlos.
Depois de muito pensar.
A única opção plausível que me surgiu foi de pedir instalar ou consertar algo em meu quarto.
Logo a idéia de consertar a persiana.
Na outro dia minha mãe havia saído para o medico e eu ficaria a tarde toda sozinha.
Luis estaria no cursinho.
Liguei para Carlos pedindo ajuda se poderia vim consertar algo em nossa casa.
Poxa são bastou desligar celular e Carlos já chega.
Mandei entrar e fomos ver a persiana que não estava abrindo.
Ele com jeito começou apertar daqui e dali logo a persiana começou a funcionar.
Isto eu só observando ele com sua bermuda justa branca camiseta. Estava bem sex.
Agradeci e convidei-o ver um filme.
Ele aceitou, pois era freqüentador assíduo de nossa casa, mas de meu quarto ainda não.
Pois bem DVD no aparelho pipoca, sucos.
Ficamos vendo o filme, não era erótico, mas tinhas cenas de sensualidade, coisa que o deixou muito inquieto.
Sentados na minha cama, eu displicentemente depositei minha cabeça em seu colo.
Senti a firmeza e tamanho de seu cacete, que aumentava à medida que eu o provocava.
Pois bem não sou safada, mas queria a todo custo forçá-lo a tomar iniciativa, mas creio que tinha receio de um não apenas ficava de olho no decote de minha blusa que mostrava bem o contorno de meus seios
AHH Carlos pelo jeito iria querer ficar donzelo já que a ponto de explodir ficou como uma estátua.
Não suportando mais peguei em uma de suas mãos e direcionei a minha vagina.
E com cara de moleca disse.
AHH... Carlos sentir você excitado me deixa excitada demais, e dei-lhe um beijo molhado.
Foi como um estopim o cara começou a me agarrar beijava-me, gostosamente. meus seios foi alimento para seu tesão.
Sugou acariciou e mamou muito.
Caramba que explosão de desejos.
Quando não suportando mais ficamos sem roupa,
E caramba o cara tinha cacete descomunal de enorme.
Eu sem receio lambi cada centímetro daquele monumento. Fizemos um sessenta e nove delicioso.
Ele não tinha pratica, mas a teoria deixou um exímio amante.
Gozei em sua boca, ele me sugava com maestria sua língua com firmeza me deixou extasiada de prazer.
Minha vagina estava molhada de meu gozo quando Carlos deitado me pediu que se aproximasse de seu cacete.
Assim esganchei-me e fiquei em um sobe e desce sem parar, Cavalgava com maior prazer naquele garanhão de primeira montaria e foi delicioso.
Carlos apertava minha bunda e mexia-se de encontro a mim.
Estávamos alucinados de excitação.
Entre beijos e sussurros ele disse-me Márcia minha tesuda, safada ,gostosa,que gostosura isto, eu perdendo tempo.
Receba minha safadinha teu leitinho gostoso.
E com estocadas firmes explodiu em gozo.
Aff achei que a camisinha não iria comportar.
Os jatos frenéticos de seu esperma me causou um calor que gozamos juntos.
Foi a sublimação do Carlos sentir meu prazer.
Assim ficamos abraçados.
Logo após a higiene começamos uma nova sessão de amor.
Que garanhão indomável.
Em uma tarde Eu e Carlos tivemos 4 relações.
Só não satisfiz seu desejo de comer meu rabinho,afinal depois de senti-lo em toda excitação e ver tamanho e espessura achei melhor deixar pra outra vez.
Afinal já inaugurei em uso e ensinei as mais variadas posições de fazer sexo com muito prazer.
Assim ficamos meses em tarde de amor e muito sexo.
Até que já bem treinado quis alçar vôos por ninhos mais distantes.
É a lei da Natureza.



Docecomomel(hgata)
Imagem do google

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Suas palavras...Minhas emoções!

Marcadores

Crie Não Copiei

Crie Não Copiei

"Meu Nascimento" 12/07/2010.

"Meu Nascimento" 12/07/2010.
Como sem querer envoltos em pensamentos de carinho e amor nasceu a concepção deste Blog. Meus contos são a prova viva de quem sabe não precisa nascer sabendo.Aprendi a andar sozinha e sei o meu real valor...O que muitos que se julgavam capazes pisam e desmoralizam. Nada sabem. Não sou fake nem tão pouco poetisa. Sou Mulher humana que faz de seus descaminhos errantes estradas de Paz e Luz para todos."Sou docecomomel(hgata)" Meu primeiro conto erótico 12/7/2010.

Posts