.

.

Acessos em Êxtase !

.Contos Eróticos de Docecomomel

.Contos Eróticos de Docecomomel

sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Loucuras de Prazer!


Olá, o que vou contar foi algo que aconteceu comigo no ano de 2004 quando um tio meu veio do Rio de Janeiro visitar meus pais.
Meu tio tinha 55 anos, era um coroa muito na dele de poucas falas, moreno alto muito simpático, passou alguns dias por aqui. Eu tinha 19 anos estava muito carente de sexo tinha acabado com meu namorado, e meu tio me olhava de uma forma diferente, eu mal falava com ele era muito e envergonhada e tímida.
Mas como meus pais trabalhavam durante o dia eu ficava com meu tio em casa só.
E ele só ficava na sala vendo TV, como eu estava muito a fim de dá pra ele resolvi me insinuar,ele nem ligava para mim, mas minha vontade era maior eu não podia vê-lo que eu ficava com a xoxotinha toda molhadinha e com desejos .
E pensava o tempo todo em dá pra ele, porque eu tinha uma fantasia de dá pra um coroa.
E ainda de bigode.
Ansiava sentir cócegas de bigode na minha xoxota.
Fantasias que surgem na nossa cabeça. É fogo enquanto não realiza fica aquela ansiedade. Mas ele não me dava bolas! Ora precisava arquitetar algo e assim o fiz.
Eu bolei de tomar banho e sair só de toalha indo até o meu quarto, tomei meu banho e sai de toalha e deixei a toalha escorregar quando passava pela sala.
Ele estava sentado no sofá e eu fiquei de frente pra ele a toalha escorregou e quando fui pegar a toalha do chão fiquei de quatro pra ele.
Nada fez!
Pedi desculpas e fui para meu quarto.
Deixando a porta aberta eu comecei a bater uma siririca, pois estava louca de tesão.
Ele me confidenciou depois que ficou louco de tesão na hora que me viu a sua frente com a xoxota lizinha ,mais não sabia o que fazer,ou a minha reação.
Mais fiquei esperando ele subir coisa que não aconteceu.
Fiz um siririca muito gostosa pensando no caralho dele, gozei gostoso.
Meus dedos ficaram encharcados de meu gozo.
No outro dia eu fui até a porta do quarto dele ,fiquei espionando-o pela fresta da porta.
Para surpresa e prazer meu ele estava deitado quando eu o visualizei estava deitado se masturbando, gemendo como um louco.
Eu fiquei sem saber o que fazer, eu queria mesmo era receber seu cajado, cor de jambo na minha grutinha sedenta de cacete, mais fiquei com medo de entrar fugi e voltei para o quarto para me masturbar também.
Já não sabia o que fazer de tanto desejo que consumia meu corpo.
Cada vez que eu olhava para ele meu corpo ficava cheio de desejos.
Já não conseguia controlar e batia varias Siririca no dia.

Eu já estava quase desistindo de tentar seduzi-lo.
Quando acordei fui limpar a casa e encontrei uma revista de fotos eróticas no quarto de meu irmão fiquei muito excitada e comecei a me masturbar.
Sem se preocupar com sons gemia alto e gostoso.
Esqueci que o quarto do meu tio era bem do lado e deixei a porta aberta, quando eu olho na porta estava ele me olhando com olhos famintos.
Muito timido me perguntou se eu queria transar com ele.
Não respondi com palavras, aproximei-me e peguei no cacete dele e com voz rouca
Disse Sei que você não é meu tio de verdade eu quero é foder e muito com você.
Não foram mais necessárias palavras.
Começamos a nos esfregar a minha Xoxota molhada e desejosa de carinhos.
Foi lambida e chupada,seu bigode que tanto sonhei fazia cócegas no meu grelinho, eu sentei em sua cara e rebolava sem parar.
Eu falando sempre que eu era doida pra dar pra ele, e ele me dizendo que era doido pra me comer também mais.
Tinha receio de ser repudiado.
Ai ele chupou meus seios, me pegou de quatro ,de lado gozou na minha cara fizemos espanhola,frango assado e uma infinidade de posições,de todo jeito brincamos eu gozei muito como jamais tinha feito na vida.
No outro dia eu acordei bem cedinho e fiz meus afazeres pensando na hora de correr para seus braços.
Fiquei o tempo toda excitada.
Serviço terminado fui direto pro quarto dele .
Já cheguei desabotoando sua calça , colocando aquele monumento para fora acariciando seu belo mastro,fui chupando todo seu cacete.
Ele gemia muito só me chamava de safadinha me apertava de encontro a seu corpo.
Adorava sexo oral.elogiava minha prática de lhe dá prazer.
Ele com seu membro enrijecido deitou-se eu logo escancarei minha xoxota e cavalguei,subia e descia em seu pau ,o fiz gozar.
Logo já estava novamente excitado,mas estava perto de meus pais chegarem,paramos as brincadeiras.
Fiz uma loucura muito grande de madrugada eu fui dormir no quarto dele ficamos a noite toda transando e meus pais dormindo ai que dava mais tesão.
Ele só ia passar um mês tinha que aproveitar cada minuto do dia.
Minha mãe quase que pegava no flagra estávamos na sala ela se aproximou, eu de saia estava sentada encima do cacete dele rebolando gostoso quando estava acabando de gozar ela entrou. Eu ainda estava com rosto afogueado de prazer.
Isto dava um tesão louco saber que poderia chegar alguém.
Só aumentava o prazer.
Outra vez deixamos a porta aberta próximo à hora que chegavam do trabalho.
E transamos na cama de minha mãe com a porta aberta.
Quando ouvimos o barulho do portão da garagem eu estava cavalgando e gemendo baixinho e gozamos juntos de tanto tesão. Corri para o meu quarto ele foi para o banho.Para não suspeitarem,meu corpo exalava esperma.
Eu tenho tanta saudade do meu tio.
Foram quase dois meses de sexo várias vezes ao dia,
O coroa muito bom de cama deixou-me muitas saudades pena que não nos vimos mais.
Ele queria me assumir mais na verdade eu não gostava dele, para uma vida toda só gostava de dá pra ele, nossas farras de cama deliciosas.
Mais hoje me arrependo porque era muito bom.
Meus pais nunca descobriram até hoje, sei que cometi uma loucura muito grande.
Loucuras de prazer



Docecomomel(hgata)
Imagem do google
Conto de Nº 92.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Suas palavras...Minhas emoções!

Marcadores

Crie Não Copiei

Crie Não Copiei

"Meu Nascimento" 12/07/2010.

"Meu Nascimento" 12/07/2010.
Como sem querer envoltos em pensamentos de carinho e amor nasceu a concepção deste Blog. Meus contos são a prova viva de quem sabe não precisa nascer sabendo.Aprendi a andar sozinha e sei o meu real valor...O que muitos que se julgavam capazes pisam e desmoralizam. Nada sabem. Não sou fake nem tão pouco poetisa. Sou Mulher humana que faz de seus descaminhos errantes estradas de Paz e Luz para todos."Sou docecomomel(hgata)" Meu primeiro conto erótico 12/7/2010.

Posts