Obrigada

Obrigada
Agradeço a todos que perdem seu precioso tempo em visitar este blog. Fico muito feliz de poder saber que muitos veêm leêm e recomendam . Obrigada de coração: (docecomomel)

Acessos em Êxtase !

quarta-feira, 21 de julho de 2010

No Escuro do Cinema.


Bem, quem disse que mente vazia é mãe do ócio tem toda razão.
Faz alguns dias eu tava de bobeira e resolvi fazer umas comprinhas.
Quando estava no ponto do ônibus, eis que passa um amigo de meu ex-namorado que fazia tempo que não o via.
Ofereceu-me carona e perguntou se tinha compromisso, que poderíamos assistir a um filme. Como o que o que eu tinha a fazer era sem muita importância fui ao cinema com o Carlos no Shopping.
Sempre dia de quarta feira as sessões são bem cheias.
Este dia não foi exceção.
Entramos e ficamos em local meio afastado de jovens que adoram conversar durante o filme.
O filme não era pornô, mas tinha cenas sensuais de casais.
Já quase na metade do filme eis que Carlos segura minha mão com carinho, gostei de sentir o calor másculo do Carlos. ele alisava minha mão entre as suas.
Uma caricia simples sem intimidade.
Mas, em dado momento Carlos puxa lentamente minha mão e pousa em seu membro rígido de excitação.
Fiquei estática devido à surpresa, mas por poucos segundos, Mas, continuei as caricias suave por cima da calça e sentia a rigidez daquele pau.
Há o calor subindo pelo meu corpo foi instantâneo.
Carlos me sussurrou que sempre teve uma queda por mim, mas mantinha-se afastado, pois era amigo do meu ex-namorado e "namorada e amigos" não podem se misturar.
Fiquei surpresa, pois nunca tinha observado esta paquera informal.
Mas já passou e agora somos livres, os Ex continuam em outras etapas da vida.
E as caricias continuavam e excitação tomando conta de nossos corpos.
De repente Carlos tira seu pau para fora da calça e com o reflexo da luz na penumbra avisto aquele monumento enorme com cabeça latejante de excitação.
Ah como fiquei excitada. E logo estava eu acariciando com delicadeza, circundando entre minhas mãos aquele fenômeno um cacete enorme e volumoso.
Segurava com uma mão acariciava com a outra disfarçadamente afinal estávamos em local publico, coisa que tornava mais excitantes as caricias.
Eis que Carlos desce sua mão displicentemente entre as minhas coxas com uma caricia suave, explorava minha vagina com destreza. segurava entre os dedos meu clitóris me deixando cada vez mais úmida de tesão.
Foi à gota que faltava.
Foi à centelha do desejo e num ímpeto levantamos e saímos na metade do filme.
Montamos na moto e fomos direto ao Motel mais próximo.
Os dois desejosos.
Ainda no estacionamento começamos a nos beijar e Carlos com total ímpeto começou a desnudar-me.
Sugava meus seios tal qual um bebê faminto me fazia contorcer-se de excitação.
Eu segurava seu sexo acariciando-o com destreza. Carlos desceu sua boca sequiosa e faminta me chupou com uma suavidade que me deixou ensandecida de prazer logo chegando ao clímax.
Com a volúpia a mil ambos sequiosos e excitados Carlos me possuiu ali mesmo no estacionamento.
Uma façanha que jamais havia testado ser comida em cima de uma moto.Um vai e vem gostoso de dois jovens com sede de sexo e prazer.
Carlos com destreza me fazia carinhos com total desenvoltura, Parecíamos que estávamos na cama mais confortável de tanto desejo e excitação a experiência foi fenomenal e muito prazerosa.
Entramos e continuamos nossa sessão de amor sexo e prazer.
Que coisa eu nunca ter notado este desejo do Carlos, até achava que era antipático comigo.
Mas como me confessou ele nutria um desejo enorme por mim e usava a distancia como auto defesa. Mas o tempo se encarregou de nos unir e sempre nos curtimos ,muito namoramos e saímos bastante sempre um lugar diferente paradisíaco para curtir nossas fantasias sexuais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Suas palavras...Minhas emoções!

Marcadores

Crie Não Copiei

Crie Não Copiei

"Meu Nascimento" 12/07/2010.

"Meu Nascimento" 12/07/2010.
Como sem querer envoltos em pensamentos de carinho e amor nasceu a concepção deste Blog. Meus contos são a prova viva de quem sabe não precisa nascer sabendo.Aprendi a andar sozinha e sei o meu real valor...O que muitos que se julgavam capazes pisam e desmoralizam. Nada sabem. Não sou fake nem tão pouco poetisa. Sou Mulher humana que faz de seus descaminhos errantes estradas de Paz e Luz para todos."Sou docecomomel(hgata)" Meu primeiro conto erótico 12/7/2010.

Posts