Acessos em Êxtase !

terça-feira, 13 de julho de 2010

Eu e Você





Estou perdida no tempo da saudade.
Estava arrumando umas gavetas e deparei-me com um álbum de fotografia.
É sempre bom rever fotos antigas que trazem boas recordações.
E ao rever uma foto hoje do meu tempo de adolescente, rir e achei que na inexperiência de jovem perdi uma boa fatia de minha juventude.
Ao olhar a foto de Jorge um amigo de meu irmão que não parava de me paquerar achei os fatos ocorridos inusitados.
Pois bem.
Jorge era muito amigo de meu irmão mais velho e volta e meia estava em nossa casa, algumas vezes até dormia por lá. Eu com a idade de doze para treze anos ainda menina parecia uma tabua de passar roupa, sem seios sem bunda avantajada, nem me tocava dos olhares de cobiça do Jorge que também ainda menino, mas com uma idade de dois anos a mais que eu.
Sempre acontecia de jogarmos dominó e Jorge ficava alisando minha perna por baixo da mesa, coisa que me deixava inquieta. Não que não gostasse, mas, pelas sensações de prazer que sentia em meu corpo franzino de menina moleca.
Mas um dia o Jorge chegou à minha casa e meu irmão havia ido ao supermercado com minha mãe.
Fiquei com o Jorge vendo televisão.
Achei normal, ate que o Jorge veio lentamente se aproximando de mim e deu-me um beijo, assustei-me afinal nunca havia sido beijado daquele jeito.
A língua dele percorreu minha boca com uma gulosa e gostosa maciez.
Senti minhas pernas tremerem de excitação, mas não foi só o beijo que me deixou excitada, mas as caricias que trocamos. muito delicadas mas de uma sensualidade sem fim.
Logo um arrebatamento tomou conta de nossos corpos e Jorge me perguntou se queria fazer sexo com ele.
Neguei veemente afinal meu sonho de menina era um dia achar meu príncipe e me entregar a ele de corpo e alma.
Queria resguardar minha virgindade. Coisa que não consegui tamanho desejo.
Mas meu corpo desabrochava com as caricias de Jorge, com delicadeza e sensualidade.
Ali naquele momento eram dois jovens descobrindo o prazer carnal com a inexperiência, mas com carinho respeito e amor.
O tempo passava e Jorge acariciava-me, meus pequenos seios com as mãos inicialmente, e logo com sua língua, circundando os mamilos eriçados de prazer com seus lábios trêmulos de excitação.
E foi assim que eu e Jorge tivemos nossa primeira experiência sexual.
O fogo da paixão tomou conta de nós e rapidamente tivemos nossa relação completa e tornamos apta a vida sexual ativa
Ali às escondidas na área de serviço.
Jorge me deflorou entre o ardor e o prazer sentir o pequeno Jorge se tornar homem juntamente comigo gozamos. E logo mais uma vez.
Um gozo breve, mas, que rompeu as barreiras da sedução de dois corpos, que se amaram e se apaixonaram perdidamente.
Houve várias vezes depois com planejamento e lugares mais requintados.
Sem a pressa e euforia da primeira vez.
Coisa que marcou a minha entrada na vida adulta.
Ser amada por um menino que já tinha me escolhido para ser sua princesa.
E assim nos tornamos namorados e depois de muito tempo curtindo a vida a dois assumimos família estamos casados há dez anos.
Eu e você amantes amigos e companheiros.



Docecomomel(hgata)
Imagem do google

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Suas palavras...Minhas emoções!

Marcadores

Crie Não Copiei

Crie Não Copiei

"Meu Nascimento" 12/07/2010.

"Meu Nascimento" 12/07/2010.
Como sem querer envoltos em pensamentos de carinho e amor nasceu a concepção deste Blog. Meus contos são a prova viva de quem sabe não precisa nascer sabendo.Aprendi a andar sozinha e sei o meu real valor...O que muitos que se julgavam capazes pisam e desmoralizam. Nada sabem. Não sou fake nem tão pouco poetisa. Sou Mulher humana que faz de seus descaminhos errantes estradas de Paz e Luz para todos."Sou docecomomel(hgata)" Meu primeiro conto erótico 12/7/2010.

Posts

Obrigada

Obrigada
Agradeço a todos que perdem seu precioso tempo em visitar este blog. Fico muito feliz de poder saber que muitos veêm leêm e recomendam . Obrigada de coração: (docecomomel)